Quarta, 08 de Dezembro de 2021
20°

Tempo aberto

Cascavel - PR

Saúde Saúde

Covid-19: São Paulo tem 5 mil postos abertos hoje para segunda dose

Objetivo do Dia V é aumentar cobertura vacinal no estado

16/10/2021 às 07h00
Por: Da redação Fonte: EBC
Compartilhe:
© Rovena Rosa/Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil

O governo de São Paulo promove hoje (16) uma mobilização para aplicar a segunda dose de vacina contra a covid-19. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal no estado de São Paulo.

Poderão ser vacinadas hoje todas as pessoas que não tomaram a segunda dose dos imunizantes CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer. De acordo com o governo, cerca de 4,1 milhões de pessoas estão com a segunda dose atrasada em São Paulo.

Também poderão ser vacinados com a terceira dose os idosos que já completaram o esquema vacinal há pelo menos seis meses. A terceira dose é uma recomendação de especialistas porque tem sido constatada uma queda na proteção contra a covid-19 em idosos que tomaram a vacina há mais de seis meses.

A campanha de vacinação deste sábado ocorre nos 645 municípios de São Paulo, das 7h às 19h, em mais de cinco mil postos de saúde do estado.

Até este momento, já foram aplicadas cerca de 70 milhões de doses de imunizantes em São Paulo, estado que ultrapassou a meta de 90% de cobertura entre pessoas com idade acima de 45 anos.

Multivacinação

Desde o dia 1° de outubro, crianças e adolescentes que estão com vacinas contra outras doenças atrasadas podem também atualizar a carteira de vacinação na Campanha Nacional de Multivacinação. Os postos de saúde estão oferecendo 16 tipos de vacinas que protegem contra 20 doenças.

Neste sábado, pais ou responsáveis podem levar essas crianças e adolescentes aos postos de saúde de todo o estado para atualizar a carteira de vacinação. Só em São Paulo, seis em cada dez crianças e adolescentes que compareceram aos postos de saúde desde o dia 1° de outubro estavam com vacinas atrasadas. A campanha de multivacinação vai até o dia 29 de outubro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias