Sábado, 08 de Agosto de 2020
(45) 99102-6309
Opinião Imagem institucional

Comunicação corporativa é estratégica para empresas de sucesso

Carina Walker*

21/05/2020 10h26 Atualizada há 2 meses
Por: Da redação
Imagem: Feepik
Imagem: Feepik

A comunicação é um fator estratégico para todas as empresas que almejam o sucesso. E apesar de ser um ponto-chave no universo corporativo, muitas companhias acabam não atribuindo a devida importância para essa atividade.

É por meio da comunicação corporativa, também chamada de comunicação empresarial, que se estabelece a imagem institucional. Nesse contexto, cabe realizar apontamentos a respeito tanto da comunicação interna, como externa.

Comunicação interna

A comunicação interna se refere, substancialmente, ao fluxo de informações entre os colaboradores de uma mesma organização. Sua condição estratégica é evidenciada principalmente quando ela parte da presidência, diretores, administradores e gestores, em direção aos demais integrantes do quadro funcional. Isso porque os ocupantes de cargos diretivos e gerenciais são responsáveis pelo planejamento, tomada de decisões e estabelecimento dos processos internos. Sendo assim, para que a empresa tenha suas metas alcançadas, é fundamental que seja exercida uma comunicação eficaz entre todos que compõem a equipe. 

Em uma visão mais ampla, para desenvolver uma comunicação eficaz no âmbito interno é primordial o trabalho de endomarketing, que é um conjunto de estratégias e ações de marketing usadas para difundir junto ao público-alvo (empregados, revendedores, acionistas, associados) a imagem desejada da corporação.

A comunicação interna abrange a totalidade de informações disseminadas em reuniões, circulares, comunicados, e-mails, murais, normas internas, protocolos, ligações telefônicas, aplicativos de mensagens ou simples diálogos internos.

As mensagens emanadas pela organização precisam ser claras e objetivas para evitar ruídos que prejudiquem o direcionamento das atividades.

Outro ponto importante é construir uma cultura organizacional, pois ela prepara o “terreno” para a assimilação das informações. 

Também é extremamente relevante difundir a missão, visão e valores da empresa junto ao quadro funcional, para que todos possam caminhar no mesmo compasso.

Em se tratando de marketing interno, existe ainda o trabalho de encantamento dos colaboradores em relação aos produtos e serviços da própria empresa, pois o público interno pode ser o seu melhor cliente e ao mesmo tempo o melhor vendedor (ainda que não execute oficialmente esta função), em razão dele ser referência da empresa fora dela.

Comunicação externa

Por sua vez, a comunicação externa consiste em construir uma imagem pública que agregue resultados para a empresa. Diz respeito às mensagens que a companhia emite à sociedade, a qual engloba clientes, fornecedores, parceiros, potenciais investidores, instituições e órgãos de controle, enfim, todos com quem ela se relaciona ou mesmo por quem ela é vista. 

A comunicação externa contempla todos os elementos comunicativos, desde a marca, o slogan, a fachada, até o posicionamento de mercado da companhia, o marketing, suas propagandas e divulgações, rótulos e embalagens, plotagem de veículos, kit press (cartão de visitas e outros materiais impressos), fatos relevantes, entrevistas concedidas, e mesmo opiniões e comentários em off (sem o objetivo de publicação), etc. 

O modo como a companhia se comunica determina a forma como ela é vista pelo mercado e interfere em seus negócios, bem como em seus resultados. 

Por esta razão, a comunicação deve ser executada de maneira extremamente responsável, pois seus reflexos podem ser positivos ou negativos. Portanto, é fundamental que seja exercida com profissionalismo e planejamento.

As decisões estratégicas de exposição da marca ou produto podem ser o grande trunfo para alcançar resultados em vendas. Mas a propulsão dos negócios é fruto do conjunto da obra comunicacional.

As empresas precisam conservar uma boa relação com a imprensa e com parceiros, assim como com a comunidade. São necessários assessores e porta-vozes muito bem preparados para terem uma boa performance ao realizarem declarações em nome da companhia, seja em eventos, reuniões ou à imprensa.

A presença da organização nas mídias sociais tornou-se indispensável, no entanto, esses canais de comunicação devem ser utilizados de maneira eficaz, o que requer produção de conteúdo digital específico, com linguagem adequada e interação com os internautas. 

Especialmente em tempos de redes sociais, uma gestão comunicativa efetiva é ainda mais imperiosa, já que a qualidade e o correto timing de resposta para um problema pode ser determinante para evitar uma crise de imagem. 

Portanto, a área de comunicação corporativa engloba muitas ações estratégicas, por este motivo, as empresas que visam o topo não devem negligenciar a sua importância.  

Sucesso a todos!

* A autora é jornalista e investidora. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Carina Walker
Sobre Carina Walker
A autora é jornalista e investidora.
Cascavel - PR
Atualizado às 20h50 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 25°

20° Sensação
1.6 km/h Vento
47.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (09/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Segunda (10/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias