Segunda, 17 de Janeiro de 2022
33°

Poucas nuvens

Cascavel - PR

Esportes Futebol

Atuesta chega para repetir sucesso de colombianos no Palmeiras

Meia de 24 anos afirma que fez a 'lição de casa', estudou estilo de jogo de Abel Ferreira nas férias e chamou Raphael Veiga de craque

14/01/2022 às 10h42
Por: Da redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Foto: Assessoria/Cesar Greco
Foto: Assessoria/Cesar Greco

O meio-campista Eduard Atuesta foi apresentado na última quinta-feira (13) na Academia como novo camisa 20 do Palmeiras. O reforço será o 11º jogador colombiano a atuar pelo clube paulista.

Com 24 anos ele chega ao Alviverde depois de sair do Independente Medellín-COL para o Los Angeles FC, dos Estados Unidos. 

 

RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS PELO WHATS. ENTRE NO GRUPO

“É uma escala acima na carreira, uma oportunidade para fazer história, crescer como jogador e jogar mais torneios. Uma oportunidade de poder ser bicampeão do mundo com esta equipe. Espero que, além de 1951, em 2022 a gente possa conquistar o Mundo mais uma vez“, afirmou.

Para conhecer um pouco mais o estilo de jogo do novo clube, o colombiano pediu para a comissão técnica, durante as férias, os últimos dez  jogos do time comandado por Abel Ferreira.

“Vendo as partidas nos estudos que fiz, o (Raphael) Veiga foi muito importante. E eu, na minha posição, jogando um pouco mais atrás, sempre gosto de complementar bem jogadores assim, autênticos craques, como ele. No Los Angeles era o Carlos Vela que tinha essas características similares“, afirmou.

O novo reforço foi contratado por R$ 20,7 milhões e chega com vínculo até o fim de 2026.

Histórico de colombianos

O primeiro nascido na Colômbia a jogar pelo Verdão foi Freddy Rincón, que em 1993 chegou vindo do América de Cali. No Palestra, conquistou o Paulistão de 94 e logo foi negociado com Napoli, da Itália. O jogador ainda retornaria ao time, mas sem o brilho de antes acabou indo para o rival Corinthians.

Posteriormente, passaram o também meio-campista Harold Lozano, que também chegou do América, mas em 1995, e Asprilla, atacante revelado no Deportivo Cucutá e que acumulava passagens por Newcastle, da Inglaterra, e Parma, da Itália. A equipe italiana era parceira da Parmalat, assim como Palmeiras na época.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias