12°C 22°C
Cascavel, PR
Publicidade

PCPR realiza 181 prisões no primeiro semestre em Quedas do Iguaçu

Índice é de 570% a mais que no ano passado

11/07/2024 às 17h17
Por: Da redação Fonte: Assessoria PCPR
Compartilhe:
A Polícia Civil do Paraná (PCPR) aumentou em 570% o número de prisões registradas no município de Quedas do Iguaçu, no Oeste do Estado, durante o primeiro semestre de 2024. Ao todo, foram 181 prisões neste ano, enquanto que no mesmo período de 2023 foram
A Polícia Civil do Paraná (PCPR) aumentou em 570% o número de prisões registradas no município de Quedas do Iguaçu, no Oeste do Estado, durante o primeiro semestre de 2024. Ao todo, foram 181 prisões neste ano, enquanto que no mesmo período de 2023 foram

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) aumentou em 570% o número de prisões registradas no município de Quedas do Iguaçu, no Oeste do Estado, durante o primeiro semestre de 2024. Ao todo, foram 181 prisões neste ano, enquanto que no mesmo período de 2023 foram 27.

As prisões foram decorrentes de diversos tipos de crimes, como homicídio qualificado, tráfico de drogas, estupro de vulnerável, furto qualificado, descumprimento de medida protetiva de urgência e outros crimes envolvendo a Lei Maria da Penha.

Diversas ações têm sido executadas na cidade a fim de reprimir a criminalidade e deter os autores de crimes. Entre elas estão as operações de repressão qualificada, que visam desestruturar e desarticular organizações criminosas por meio de investigações complexas e altamente especializadas.

Também foram realizadas as operações de saturação, que aumentam a presença policial nos locais a fim de diminuir o índice de delitos, especialmente de homicídios.

“Todo esse trabalho, além de aumentar o número de prisões, fez com que as taxas de mortes violentas caísse drasticamente na cidade, de modo que só foi registrado um homicídio doloso no período, que, inclusive, já foi elucidado e o autor, preso”, afirma o delegado da PCPR Emanuel Almeida.

Em comparação, entre janeiro e junho de 2023 foram nove homicídios dolosos em Quedas do Iguaçu. Ou seja, neste ano a ocorrência deste tipo de crime caiu 89%.

INTEGRAÇÃO – A atuação integrada com as outras forças de segurança também foi um fator importante para o crescimento no número de capturas na cidade. Isso porque aumenta o efetivo de agentes durante as ações e favorece o compartilhamento eficiente de informações de inteligência entre as polícias.

Um exemplo de ação integrada aconteceu no início deste mês (2). Na ocasião, mais de 50 policiais civis e militares participaram de uma operação que resultou na prisão de cinco pessoas por delitos como tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, posse de droga para uso pessoal e porte de arma branca. Também foram apreendidos entorpecentes e um veículo.

Outra ação de destaque, que envolveu policiais civis, militares e penais, ocorreu em fevereiro deste ano. Na ocasião, 36 integrantes de uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas, homicídios e furtos ocorridos em Quedas do Iguaçu foram capturados. Além das prisões, ainda foram apreendidas drogas, armas de fogo e celulares.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cascavel, PR
13°
Tempo limpo

Mín. 12° Máx. 22°

12° Sensação
1.35km/h Vento
77% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h16 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Dom 22° 12°
Seg 24° 13°
Ter 23° 14°
Qua 25° 13°
Qui 26° 16°
Atualizado às 04h02
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 395,322,34 -1,15%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias