12°C 22°C
Cascavel, PR
Publicidade

Mais duas atletas apoiadas pelo Estado conquistam vaga para a Olimpíada

Tatiane Raquel da Silva e Flávia Maria de Lima participam dos programas Proesporte e Geração Olímpica e Paralímpica e irão representar o Brasil na...

11/07/2024 às 18h11 Atualizada em 12/07/2024 às 11h11
Por: Jornalismo Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: SEES-PR
Foto: SEES-PR

Mais duas atletas paranaenses estão classificadas para a Olimpíada de Paris-2024. Tatiane Raquel da Silva e Flávia Maria de Lima, ambas apoiadas pelo Governo do Estado por meio dos programas Proesporte e Geração Olímpica e Paralímpica (GOP), irão representar o Brasil nas provas de atletismo de 3 mil metros com obstáculos e 800 metros rasos, respectivamente.

Com 34 anos de idade e 21 anos de carreira, esta é a segunda vez que Tatiane participa de uma edição dos Jogos Olímpicos, sendo que a primeira foi em Tóquio, disputada em 2021. "O atletismo surgiu em minha vida quando eu tinha 13 anos de idade, na escola, em Londrina. Sempre fiz provas de fundo e meio fundo, mas a minha especialidade é na categoria em que iniciei, na corrida com obstáculo", destaca Tatiane.

Após participar de diversas competições neste ciclo olímpico, Tatiane conseguiu se classificar para participar dos jogos pelo método de pontuação. "Existem duas maneiras para participar da Olimpíada: por índice e por pontuação. A pontuação significa que a participação em competições importantes, como o Sul-Americano, o Pan-Americano e o Troféu Brasil, acumulam pontos para a convocação de 36 atletas", explica a atleta.

Foi também uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esporte, que trouxe Tatiane de volta para o alto rendimento, ainda em 2013: os Jogos Universitários do Paraná (JUPS), que teve a sua edição 2024 encerrada nesta quinta. Na competição, Tatiane conquistou o primeiro lugar na categoria 1.500 metros e 5.000 metros, e a medalha de prata no 800 metros, representando a UniGuairacá, de Guarapuava. Ela optou por não participar da prova de 3.000 metros com obstáculos, para evitar lesões antes de chegar em Paris.

Já Flávia Lima foi convocada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBA) após vitória no Troféu Brasil de Atletismo, realizado entre os dias 27 e 30 de junho em São Paulo.

Ela também participou do JUPS 2024, representando o Centro Universitário Integrado, de Campo Mourão. “Fui convocada para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 na prova de 800 metros e estar aqui, hoje, é uma forma de representar a minha instituição e pensar também no meu pós-carreira no esporte, na área de nutrição”.

APOIO DO GOVERNO —O apoio do Governo do Estado tem sido fundamental para transformar o Paraná em um celeiro de atletas de alto rendimento. Do total de 51 representantes do Paraná em competições e que estão classificados para a Olimpíada de Paris-2024, 39 recebem algum tipo de auxílio estadual, seja pelo Proesporte ou pelo Geração Olímpica e Paralímpica (GOP).

No caso de Tatiane, ela é contemplada pelo Proesporte, que destina R$ 50 milhões para a execução de projetos esportivos em 2024 e 2025, sendo o maior fomento e incentivo da história do esporte do Paraná.

Para o coordenador do Proesporte, Otavio Vinicius Taguchi, o programa tem feito a diferença em diversos projetos. “A gente fica na torcida e orgulhoso de poder proporcionar treinamento, dentre outras condições que são relevantes e muito importantes para a formação de um atleta”, afirma o coordenador. “Isso é muito importante para a comunidade esportiva entender o impacto que tem a lei de incentivo ao esporte no Estado do Paraná.”

Já o GOP, ao qual Flávia faz parte, foi criado em 2011. É o maior programa estadual de incentivo ao esporte na modalidade bolsa-atleta, conforme pesquisa da Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgada na Revista Latino-Americana de Estudos Socioculturais do Esporte. Desde então, tem sido uma iniciativa de destaque no fomento e apoio aos talentos esportivos no Paraná. Em 2024 o programa está em sua 13ª edição e terá investimento da Copel de R$ 5,2 milhões.

Segundo a coordenadora do GOP, Denise Golfieri, a bolsa é fundamental para auxiliar atletas e técnicos em gastos rotineiros. “Esse programa serve de incentivo para atletas desde a base até o alto rendimento. Eles usam para compra de material esportivo, compra de passagem aérea, alimentação, contratação de profissionais, ou seja, esse recurso é utilizado para ajudar o atleta no seu dia a dia”, explica Denise.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cascavel, PR
12°
Tempo limpo

Mín. 12° Máx. 22°

11° Sensação
1.66km/h Vento
78% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h16 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Dom 22° 12°
Seg 24° 13°
Ter 23° 14°
Qua 25° 13°
Qui 26° 16°
Atualizado às 07h02
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 395,132,45 -1,19%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias